novembro, 2013

Sarau do Memorial com João Diniz e convidados


20 nov

MMGV_sarau_novembro_joaodiniz_th_101513-1_inteiro

…… O arquiteto João Diniz apresenta a performance multimídia ‘Cidades Visíveis’ no projeto Sarau do Memorial no Memorial Minas Gerais Vale em Belo Horizonte, no domingo 24 de novembro em duas seções às 11:00 e 13:hs.
A performance que une poesia, fotografia, vídeo e música, acontece para marcar o lançamento do novo livro de João Diniz o ‘Visible Cities’ que é um relato em fotografia e texto poético de 14 cidades por ele visitadas no Brasil, América do Norte e Europa (ou sejam: Paris, Nova Iorque, Rio de Janeiro, Lisboa, Montreal, Cracóvia, São Paulo, Roma, Varsóvia, Barcelona, Brasília, Sofia, Miami e Gdansk).
A apresentação contará com a presença de João Diniz que fará leitura de textos do livro junto com a jornalista Daniella Zupo, serão também apresentadas fotografias da edição e sons compostos pelo autor. A projeção das imagens ficará por conta de Renata da Matta e Isabel Diniz e a curadoria do projeto Sarau do Memorial é de Wagner Merije.
Este trabalho propõe um diálogo com o conhecido livro ‘Cidades Invisíveis’ de ítalo Calvino onde este autor italiano descreve cidades inexistentes e imaginárias e pode também ser entendido como uma abordagem possível de ser feita por qualquer pessoa que queira interagir com cidades e espaços diversos. Desta forma a performance e a edição podem ser entendidas como um ‘procedimento itinerante’, uma proposta aberta e interativa.
O livro é uma edição bilíngüe (português/inglês) de 420 páginas com fotografias, textos e projeto gráfico do autor, tradução e tratamento de imagens de Luiza Ananias (bolsista Fumec) e colaboração de Carolina Araújo (bolsista Fumec) e Isabel Diniz. Textos do posfácio por Marcílio Gazzinelli, Fábio de Carvalho, Carminha Macedo, Marcelo Xavier e Álvaro Gentil. Edição da transBooks, apoio do programa Propic da Universidade Fumec e pode ser visualizado na íntegra e adquirido no link http://br.blurb.com/b/4425225-visible-cities

Serviço:

– Evento: João Diniz no Sarau do Memorial com Daniella Zupo, Renata da Matta e Isabel Diniz
– Local: Memorial Minas Gerais Vale
– Endereço: Praça da Liberdade, s/nº, esquina com Rua Gonçalves Dias
– Horário:11:00hs e 13:00hs (duas apresentações)
– Data: 24/11/13, domingo
– Preço: Entrada franca

Coletivo Universal style


13 nov

Kícila Sá, a mais nova integrante do estelar Coletivo Universal, mostrou que tem estilo. E muito!
Confira as fotos com as novas camisetas do Coletivo.

E ouça a musicona que ela gravou

Coletivo Universal style 1_Kícila Sá

Coletivo Universal style 2_Kícila Sá

Coletivo Universal style 3_Kícila Sá

Cada um é parte do coletivo (Each one is part of the collective)


12 nov

CADA UM É PARTE DO COLETIVO – Isso vale na música, no dia-a-dia, no condomínio… E é o que quis dizer nessa letra poética, cantada sobre um violão de praia, solto… O clipe é uma viagem, uma colagem de imagens, com a participação de amigos muito especiais como Pipo Pegoraro, Rodrigo Guimarães, Roberta Scatolini, Ricardo Vj Eletroiman, Tata Fernandes, Daniel Guadalupe, Vanessa Farias, Gil Duarte, David Bemfica, Diogo Regis, George Neri, Túlio Robles, Walda Araujo, Valquiria Araujo, Julia Laniado. Contém imagens de shows em Barcelona, Roma, Havana…

NEW!!! Musicvideo

Acompanhe a letra e cante junto/ Check out the lyrics and sing along:

Os amigos, amigas, a família,

A galera do trabalho e da facul

O time, a turma e a cia

A tribo, a gangue e a crew

O cara que vai pegar o táxi

A moça que vai receber a flor

O professora que faz arte

O padre, o juiz e o doutor

A dona que trabalha em casa

O porteiro do elevador

A gatinha que quer ser modelo

O tigrão que quer ser ator

As árvores, flores e bichos

Seres de outros planetas

Todo mundo que estiver comigo

Até Romeu e Julieta

Cada um é parte do coletivo

Levanta a mão quem está vivo – 4x

Passagem

O Pipo, Rodrigo, a Roberta

O Dani, o Rick e o Caetano

A Tata, o David e o Toddy

Os brothers e os manos

A bonita, o feio e o gordinho

Homem, menina ou mulher

Romário, Pelé ou Ronaldinho

Quem está sentado ou de pé

Cada um é parte do coletivo

Levanta a mão quem está vivo – 4x

Passagem

Cada um é parte do coletivo

Levanta a mão quem está vivo – 4x

“Essa é prá balançar todo mundo que acredita que no poder do coletivo, no poder da união, no poder de trabalhar junto em prol de um pais melhor, em prol de um planeta melhor.
E essa também é para quem pensou que a gente estava dormindo. A gente está de pé, de pé e com muita fé.”

Raul de Souza – Alma do Rio / Soul of Rio


05 nov

Raul de Souza havia tocado no Copacabana Palace em 1956, quando tinha 22 anos, no baile do Maestro Copinha.
57 anos depois ele voltou como estrela do 6º CopaFest.
E ele veio e mostrou toda a sua estrela e fez um show inesquecível.
Confira alguns momentos de Raul no Rio.