Lugar do poema

28 set

Qual o lugar do POEMA?

Qual o LUGAR do poema, perguntaram?

Qual o lugar do poema, PERGUNTEI?

QUAL o lugar do poema, me digam!

Eu vim dizer que o lugar do poema é AQUI

De pé no CHÃO, sentado ou de pé

De peito aberto, LIVRE

Disponível, democrático

O lugar do poema

É no coração, na BOCA, na cabeça

na mão e na genitália

para ser comido, bebido, sentido e devorado

O lugar do poema

É na biblioteca, na livraria, no SARAU, na academia, no bar

na CASA da Ópera, na tapera do pobre

No aglomerado da favela, no beco, na VIELA

O lugar do poema

é na escola, na RUA, no trabalho

na penitenciária, dentro do ônibus

no meio do QG da corporação

no PLENÁRIO, no gabinete

O lugar do poema

é na SALA, na cozinha

no banheiro, no TERREIRO

na varanda e no jardim

O lugar do poema

é no JOGO de futebol

no octógono do MMA

na raia, na arena, na rinha

O lugar do poema

é no fio da navalha, na cinta-liga

na espada, no REVÓLVER, na bomba

e no campo minado

O lugar do poema

é no desfile de CARNAVAL, no bumbódromo,

na passeata e na MARCHA

O lugar do poema

é na beira do rio, na beira mar

na areia movediça e na lama

O LUGAR DO POEMA?

QUAL O LUGAR DO POEMA?

É onde possa tocar, é onde possa inquietar

é onde possa emocionar

O LUGAR DO POEMA é
ONDE POSSA TRANSFORMAR!

(Poema de 2014, Inédito de Wagner Merije)

www.merije.com.br

Tags: , , , ,