São Paulo é selva

10 nov

 

Se São Paulo é selva

Quero conhecer a fauna, a flora

Deitar na relva, nadar no rio

Colher amora

Se São Paulo é selva

Vida é como arte, aflora

Com risco, com perigo

Como uma força que não se esgota

Se São Paulo é selva,

A vida não morre, renova

Como um milagre de vida

Luz na aurora

Eu sou a alegria dos bandos

Eu sou a energia das manadas

Sou a vida que nunca seca

A alma das florestas

Sou a algazarra dos que caçam

Sou a chama dos que amam

Sou a natureza que se manifesta

Em vida e festa

(Um poema de Wagner Merije – setembro 2011)

Foto: Wagner Merije

Foto: Wagner Merije

Tags: , , , , , ,