Sarau do Memorial com Wilmar Silva de Andrade e Bianka de Andrade Silva

12 dez

MMGV_eflayer3_dezembro_ Wilamar e Bianka_ab

Conserto K – arranjos para voz em estado de amor

A performance de poesia biosonora Conserto K – arranjos para a voz em estado de amor – é uma experiência poética hibrida, tendo a poesia como origem em diálogo com o corpo e o espaço. O poeta e performer Wilmar Silva de Andrade, criador da “POESIA BIOSONORA”, com apresentações realizadas no Brasil e no exterior, e a poeta e ensaísta Bianka de Andrade Silva, mestranda em Teoria da Literatura pela UFMG, apresentam um trabalho inédito, com poemas dos próprios autores, além de surpresas para um público interessado em poesia de invenção.

Wilmar Silva de Andrade e Bianka de Andrade Silva em Conserto K mostram ao vivo a poesia como a essência da língua falada por todos os seres humanos, a língua do coração. O público será acometido por uma atmosfera ao mesmo tempo lírica, eufórica e perturbadora nesse espetáculo com marcas sonoras e visuais de vanguarda da body art e pop art, mas, essencialmente, com a marca do mais ávido desejo que pulsa nos seres humanos: o amor, deus primordial da vida.

Wilmar Silva de Andrade e Bianka de Andrade Silva em Conserto K – performance de poesia biosonora, arranjos para a voz em estado de amor

35 minutos de emoção

Wilmar Silva de Andrade, Rio Paranaíba, Minas Gerais, Brasil, 30 de abril de 1965. Poeta, performer, editor, curador, artista visual e sonoro. Ensaísta/criador/curador do projeto de pesquisa de poesia de línguas neolatinas Portuguesia: Minas entre os povos da mesma língua, antropologia de uma poética (Anome Livros/MG/Brasil, 2009), contraantologia em livrodvd com 101 poetas de Portugal, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Brasil (Minas Gerais). Fundador/editor da Anome Livros, prêmio Jabuti/2009. Criador/curador do Encontro Internacional de Leitura, Vivência e Memória de Poesia Terças Poéticas (Palácio das Artes/Belo Horizonte/MG/Brasil). Diretor/roteirista/apresentador do programa de poesia Tropofonia (Prêmio Roquette-Pinto/2010), rádio educativa 104,5 UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Poesia traduzida e publicada em espanhol, inglês, francês, italiano, alemão, finlandês, húngaro. Criador/ecoperformer da Poesia Biosonora, apresentada no Brasil e Américas, Europa e África.

Bianka de Andrade Silva é natural de Desterro de Entre Rios, Minas Gerais, Brasil, 18 de setembro de 1985. Poeta e ensaísta. É graduada em Letras, mestranda em Teoria da Literatura e professora da FALE/UFMG pelo programa Capes/Demanda Social de formação docente. Tem poemas publicados em revistas literárias digitais. Em meios impressos, estreia em 2013 com o livro de poesia Desejada Dor (Anome Livros), aclamado como uma revelação da poesia brasileira contemporânea por críticos e escritores brasileiros e estrangeiros.