Post com a tag ‘literatura de língua portuguesa’

Leões


06 out

hd_multicolor_lion_designed__uenaoxch_by_uenaoxch-d5yrler

Leões brincam no jardim

do meu coração

vejo

dou um berro

e os leões me reconhecem

me chamam para brincar

é muito coisa

é realeza, é juba, é sangue, é urro

é fome, é garra, é selva, é jogo duro

um jeito diferente de olhar o mundo

voltas lindas que a vida dá

Leões devoram uma caça no meu jardim

é pulsação

nos olhos de feras

vou, chego mais perto

couro duro, pele crespa

pronto para lutar

seguir o instinto é o melhor nesse lugar

O tempo todo

os leões têm motivo para colar os corpos

e sentir o calor da veia do coração

os dentes afiados

não são mero detalhe da paisagem

em que se vê a morte lá no fundo

Sei que desde cedo

estes leões estão no meu jardim

e que alegria eles carregam

por isso desde esta manhã

adotarei a lição da alegria

e serei eu mesmo

apenas um leão

… …

Um poema em processo de Wagner Merije

… …

Lion Merije

Lion Merije

Lugar do poema


28 set

Qual o lugar do POEMA?

Qual o LUGAR do poema, perguntaram?

Qual o lugar do poema, PERGUNTEI?

QUAL o lugar do poema, me digam!

Eu vim dizer que o lugar do poema é AQUI

De pé no CHÃO, sentado ou de pé

De peito aberto, LIVRE

Disponível, democrático

O lugar do poema

É no coração, na BOCA, na cabeça

na mão e na genitália

para ser comido, bebido, sentido e devorado

O lugar do poema

É na biblioteca, na livraria, no SARAU, na academia, no bar

na CASA da Ópera, na tapera do pobre

No aglomerado da favela, no beco, na VIELA

O lugar do poema

é na escola, na RUA, no trabalho

na penitenciária, dentro do ônibus

no meio do QG da corporação

no PLENÁRIO, no gabinete

O lugar do poema

é na SALA, na cozinha

no banheiro, no TERREIRO

na varanda e no jardim

O lugar do poema

é no JOGO de futebol

no octógono do MMA

na raia, na arena, na rinha

O lugar do poema

é no fio da navalha, na cinta-liga

na espada, no REVÓLVER, na bomba

e no campo minado

O lugar do poema

é no desfile de CARNAVAL, no bumbódromo,

na passeata e na MARCHA

O lugar do poema

é na beira do rio, na beira mar

na areia movediça e na lama

O LUGAR DO POEMA?

QUAL O LUGAR DO POEMA?

É onde possa tocar, é onde possa inquietar

é onde possa emocionar

O LUGAR DO POEMA é
ONDE POSSA TRANSFORMAR!

(Poema de 2014, Inédito de Wagner Merije)

www.merije.com.br