Post com a tag ‘turnê do encantamento’

Videografia – Wagner Merije


27 dez

Merije_Van_1

CONHEÇA A VIDEOGRAFIA DO MERIJE

GET TO KNOW MERIJE’S VIDEOGRAPHY

Formado em Comunicação Social, com cursos de especialização na área audiovisual, Wagner Merije também se expressa através das imagens em movimento, criando trabalhos poéticos e marcantes.

 

VIDEOGRAFIA AUTORAL

-“O futuro é de quem sonha” – musicvideo, roteiro: Merije; direção: VJ Eletro-I-Man (2013)

-“Cada um é parte do coletivo” – musicvideo, roteiro, direção Merije (2013)

– “Calor (Très chaud) – roteiro, câmera, direção Merije (2012)

– “Peopleware” – videoclipe – roteiro, direção Merije (2011)

– “Coragem” – videoclipe – roteiro, câmera, direção Merije (2011)

– “Sweet São Paulo” – videoclipe – roteiro, direção Merije e Tulio Robles (2010/2011)

– “Dragão do Mar: filme-música” – mini-doc. mobile, – roteiro, câmera, direção Merije (2011)

– “Mob Revolution” – videomobile, roteiro, câmera, direção Merije (2010)

– “Metrópolis Ano Mil” – videomobile, roteiro, câmera, direção mobile Merije (2010)

– “Deus criou o beat” – musicvideo – produção: Merije; direção: Igor Amin (2010)

– DVD Série – MVMob – Minha Vida Mobile (2009 – 2013)

– “Rap Babel” – videomobile – roteiro, câmera, direção Merije (2009)

– “Coletivo Universal ao vivo na Paulista” – Rumos Itaú Cultural – DVD – roteiro, produção, composições, interpretação Merije (2008-2010)

– “Mil Maravilhas” – videoclipe – roteiro, produção, co-direção Merije; co-direção: Gustavo Pains (2005)

– “Sambampler” – videoclipe – roteiro, produção, co-direção Merije/Gustavo Pains (2005)

 

VIDEOGRAFIA COM OUTROS ARTISTAS

– “Ontem” – Artista: Van – musicvideo – roteiro, câmera, direção Merije (2015); roteiro, direção: Van, Daniel Guadalupe

– “Beyond Ipanema” – Série – Canal Brasil – composição musical Merije (2013); roteiro e direção: Guto Barra/Béco Dranoff

– “O Universo Musical de Raul de Souza” – direção artística Merije – DVD-CD, Selo Sesc, 2012 – Prêmio da Música Brasileira 2013

– “Beyond Ipanema” – Doc., longa – composição musical  Merije (2009)

– “Marku ao Vivo” – DVD – Itaú Cultural – roteiro, produção Merije (2008)

 

 

 


 

 

… …

… …

 

O universo musical de Raul de Souza_capa

………..
Poster_MVMob_final sem marcas

DVD Feito durante o dia

DVD Feito durante o dia

coragem

Boas ideias na Feira do Livro de Caxias do Sul


21 out

Oficina Torpedos_Caxias do Sul 2015

Caxias do Sul é uma terra de gente forte, bonita, acolhedora, de escritores e cheios de brioe qualidades, de forte comunicação com o público leitor. Graças, em parte à Feira do Livro, que este ano chegou à sua 31ª edição, ao Entrelinhas – Festival Literário e Cultural, quem em 2015 realizou sua segunda edição, ao talento natural de seu povo e a movimentação econômica cultural da segunda cidade do estado do Rio Grande do Sul.
Em lugares assim as ideias fervilham, as conspirações acontecem, a cultura tem valor na formação do povo e o molho ferve.
Para o poeta e escritor Wagner Merije, que participou pela primeira vez da Feira, foi uma oportunidade de aprendizado e compartilhamento de conhecimentos.
O lançamento do novo livro “Cidade em transe” foi um encontro com novos leitores e formadores de opinião. Merije também ministrou a oficina “Torpedos – Literatura na ponta dos dedos” para mediadoras de leituras nas bibliotecas comunitárias, uma turma animada e cheia de amor pelos livros e pelos leitores.
A programação contou ainda com shows, como o do fenomenal Borghettinho.
Viva o Brasil! Viva o povo do Rio Grande do Sul!
Que novas oportunidades de encontrar as raízes da cultura brasileira venham!!!

Confira algumas fotos

Lançamento do 57º Prêmio Jabuti


02 jun

O lançamento do 57º Prêmio Jabuti, promovido pela Câmara Brasileira do Livro, aconteceu dia 1º de junho, no Auditório Ernesto Igel, do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), no Itaim Bibi, em São Paulo.

No evento que contou com a presença de editores, escritores, jornalistas, profissionais do livro, presidentes e representantes de entidades e autoridades, foi anunciado que as inscrições para o Prêmio Jabuti 2015 estão abertas e seguem até 31 de julho.

Wagner Merije, escritor e editor, esteve presente.

jabuti-2015-68

 

 

 

 

 

Marisa Lajolo, curadora do Prêmio Jabuti, contou as novidades para a edição de 2015. Foram inseridas duas novas categorias: Adaptação e Infantil Digital. A primeira consiste em obras adaptadas, por meio de nova redação ou por transformação de textos em imagens, incluindo as histórias em quadrinhos. Já a segunda abrange conteúdos para o público infantil combinados a elementos multimídia interativos. Além disso, as categorias Arquitetura e Urbanismo e Artes e Fotografia foram unificadas, contemplando obras compostas por pesquisas, ensaios e textos profissionais relacionados a tais temas.

Para o presidente da CBL, Luís Antonio Torelli, as mudanças na edição de 2015 têm como propósito manter a premiação atualizada. Inclusive, essa é a base da nossa gestão: ‘mais livros em todos os sentidos’” afirma. “Para continuar sendo referência e ter reconhecimento, devemos atualizar os nossos critérios de avaliação. Afinal, temos mais de 50 anos de história”.

 

Júlio Emílio Tentaterra_poeta eterno


12 mar

Fiquei sabendo que o poeta e jornalista Júlio Emílio Tentaterra foi passear no astral.

Conheci o Júlio no meio dos anos 90, em BH, pela poesia, na poesia. Seu amor pela poesia era tão grande, tão profundo, em um tempo em a poesia era marginal, que fez minha vontade/destino de ser poeta aumentar. No fundo, ele foi um dos caras que me disse: a gente não escolhe, é a poesia que nos escolhe.

Com o J.E.T fiz fanzines, shows, participei dos grupos Tripa de Mico Estrela e Panela de Expressão, sonhamos, criamos, choramos, inventamos e até em jornal trabalhamos juntos. O cara era também um grande jornalista. Dediquei a ele, entre outros companheiros de “luta pela poesia” meu primeiro livro “Turnê do Encantamento” (www.merije.com.br/blog/livro).

Nesse momento em que lanço um novo trabalho, “Torpedos”, mesmo sem estar escrito no papel, o dedico com o maior carinho e respeito ao POETA J.E.T. Que ele continue semeando poesia e contaminando outros como nós. Descanse em paz amigo!!!! Sentirei muito sua falta, especialmente porque não o encontrei para lhe entregar e dedicar o livro pessoalmente.

Mas, apesar disso, continuarei acreditando na poesia, na força que nos transforma e nos eleva! Obrigado por me ensinar tanto! Lembro-me claramente de nós dois na Bienal de Poesia de Minas Gerais, e você declamando meu poema: “Como espectador da miséria dos músculos, meu combustível é o desejo. É o desejo, e assim desejo me anunciar…” Luz!

Poesia de Júlio Emílio Tentaterra
Casa

A casa
argolou
a vida
que ansiosa
anfitrionou
o nada
a nata
a gata
a borralheira.

A casa
acariciou
um copo de água
salgada.